terça-feira, maio 16, 2006

Deixa-me ser o teu sapo...



mas não me beijes...
Nunca me tentes mudar,
pois isso não é amor...
Nem eu,
sou um principe...

5 comentários:

resíduo umbilical disse...

"Não te posso obrigar a amar-me." The New World - Terrence Malick

joana disse...

quando li este teu post dei por mim a sorrir sozinha.
A maior parte de nós gasta tanto tempo a beijar sapos na espera dos principes, quando na verdade os principes são os sapos que amamos.
E assim se vão perdendo bons sapos na utopia do principe...
beijo bruno

Bullet_Proof_essor disse...

Os vossos comentários, "cairam" que nem gingas...de tão maduros que estão!!...muito vos agradeço...

HI5B0AS disse...

NEM IMAGINAS A QUANTIDADE DE CIGANOS QUE JÁ MATASTE DO CORAÇÃO AO PUBLICAR ESTA FOTO.
TENS OS LELLOS Á PERNA, MANOOOO! :)

COMO DEVES SABER PARA ELES O SAPO, NÃO É UM BICHO E MUITO MENOS UM PRINCIPE, PARA ELES SIGNIFICA O DIABO. AH POIS É!!!!!

IMAGINA AGORA BEIJARES UM SAPO, NA BUSCA DE UM PRINCIPE E FICARES COM O DIABO.

CHIÇA, CRUZES CANHOTO!

MAS É O QUE ACONTECE A MUITO BOA GENTE!

ENFIM, QUERIA APENAS PARTICIPAR DE FORMA ORIGINAL E DEIXAR UM FORTE ABRAÇO.

Bullet_Proof_essor disse...

És um gajo do camandro...!!!Sabes bem, que nunca beijaria um sapo à espera de encontrar um principe...mais que não fosse, seria na expectativa de encontrar uma princesa e mesmo assim, sob as melhores condições de higiene...fio dentário, pasta medicinal "Couto" e um bochechamento avec "Hextril"...só depois, pensaria (2X ou mais) se estaria desesperado a esse ponto...eheheheheheh...Vá, agora que estás de "férias" vê lá se mandas cá para fora, mais uma das tuas inigualáveis criações...Um abração e vai aparecendo...: )