quarta-feira, junho 21, 2006

Abre bem os olhos...



mas não olhes para mim...
Deixa que o teu coração acelere,
até deixar de bater...
Tacteia o cheiro do meu silêncio, beijando-me...
Agora que te livraste dos teus 5 sentidos,
deixa que nao faças sentido algum...
Nao tenhas medo, vem comigo,
mas também não me dês a tua mão,
dá-me antes a tua alma,
que o teu corpo...
pode esperar!!

18 comentários:

Anónimo disse...

Teu???

Anabela

Bullet_Proof_essor disse...

Se alguem o reclamar, posso sempre dá-lo...

Anónimo disse...

Quero-o!!!

Bullet_Proof_essor disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Bullet_Proof_essor disse...

...mas nunca antes, sem luta...

Bullet_Proof_essor disse...

eheheheh... :)

Anónimo disse...

Era para mim, a luta? Local? Quais as armas?

rcbtp disse...

Faz tempo que não comentava,mas,vagueando por aqui,achei uma optima oportunidade...Comentar te!...
Coração:afeição,amor,complexo de faculdades afectivas,...Tantos significados,para um pequeno orgão,tão repleto de outras tantas qualidades e significados...Um beijo

Bullet_Proof_essor disse...

Obrigado rcbtp...(ehehehe...parece linguagem de sec.XXII)...
A verdadeira linguagem e a do coracao...por isso, eu nunca minto...

Bullet_Proof_essor disse...

O local posso ser "eu"...as armas leva-as tu...eu irei desarmado...

rcbtp disse...

...por xs o nosso coraçõa mente-nos!Podes n querer, e seres tu a mentir,mas ele mente por ti...Eu tb n minto,quanto ao meu coração...Já mentiu...E eu acreditei!!

Anónimo disse...

Repto aceite!

Bullet_Proof_essor disse...

Nunca Raquel...o coracão nunca mente...podes discordar, mas reafirmo...o coração nunca mente...pois não tem dentes... ; )

Bullet_Proof_essor disse...

Se aceitas o réptil, então...vamos a isso!!!

Anónimo disse...

Já fomos...e continuaremos a ir...não?

Anónimo disse...

Que se passa? Porque não me respondes? Assustei-te?

Carla M. disse...

É sempre um prazer (re)lêr o que escreves...e da forma como (o) fazes!
De "Corpo e Alma"...
Pela essência das palavras os meus mil(hoes) sorrisos sempre!!

Adasharta disse...

E quando vogar pelo espaço
sem respirar nem me importar
E quando o unico som presente
é o da tua voz a falar
E quando a minha alma for tua
sem que a tua saiba que a minha existe...
Abris-te os olhos e não olhas-te para mim... nunca me viste.